PLANO
INDIVIDUAL

Mensal

R$ 33,90

Anual com desconto

R$ 339,00

Economize 2 parcelas

Sem carência para emergências e atendimento de urgência

Plano
Empresarial

Mensal

R$ 24,90

A partir de 2 vidas

Possibilidade de isenção de carência. Inclui documentação Ortodôntica

Ligação gratuita
Fale com um consultor:

(11) 4003-3644

Nós ligamos para você


* Apenas para pessoa física

Coberturas

Coberturas

Emergências e Urgência

Tratamento de canal

Restauração

Extração de siso

Obturação

Limpeza

Cirurgias

Tratamento Ortodôntico

Documentação

Exames

RECEBER LIGAÇÃO
plano odontológico carência

plano odontológico carência

plano odontológico carência

Saiba tudo a respeito do plano odontológico carência

Através de um custo bem mais acessível e da conscientização da população sobre a necessidade de cuidar da maneira adequada da saúde bucal, a contratação de um bom plano odontológico carência tem se popularizado cada vez mais com o passar dos anos. Nos dias de hoje, já existem vários tipos de convênios voltados para pessoas de diferentes idades, necessidades e rendas.

Atualmente, ainda que tenha uma grande quantidade de dentistas no Brasil, não são todas as pessoas que acreditam ser necessário procurá-los no tempo ideal, que é de, pelo menos, duas vezes ao ano. Isso ocorre porque o preço das consultas e tratamentos em clínicas particulares pode ser bem elevado, então o plano odontológico carência aparece como uma opção com um custo-benefício atraente para o cliente.

Dados mostram que mais de 25 milhões de pessoas no Brasil já contam com algum tipo de plano odontológico carência. Segundo a Agência Nacional de Saúde (ANS), esse número pode saltar para 50 milhões durante os cinco próximos anos. Dessa maneira, as pessoas vão cada vez mais procurar tratamento em clínicas que atendam os planos dentais contratados. Nesse contexto, vale a pena conhecer melhor o plano odontológico carência.

Conheça os procedimentos mais feitos pelo plano odontológico carência

Por conta da busca por um plano odontológico carência, é comum que os indivíduos pesquisem sobre os convênios e as suas coberturas, para que assim consigam evitar e tratar problemas e doenças bucais. Dessa forma, é preciso pesquisar muito a respeito das opções para escolher a modalidade que apresente o custo-benefício é mais interessante para o beneficiado.

Sendo assim, há diversas vantagens para as pessoas que procuram contratar um bom plano odontológico carência, como os preços mais em conta que os consultórios particulares e a ampla cobertura de procedimentos. É importante destacar ainda que o cuidado ideal com a região bucal é algo que jamais deve ser negligenciado, já que afeta o funcionamento do corpo como um todo. Com o plano odontológico carência, o beneficiário tem a seu dispor vários tratamentos odontológicos disponíveis, tais como:

  1. Endodontia: quando a cárie se desenvolve e chega até a raiz do dente, alcançando a dentina, surge a necessidade de realizar a endodontia, conhecida como tratamento de canal. Esse procedimento envolve a abertura de um buraco no dente, com a utilização de uma broca, inserção de uma pequena agulha no interior do dente e retirada da polpa contaminada. Com isso, o dentista consegue descontaminar e limpar o canal;
  2. Tratamento de mau hálito: no momento em que um paciente chega ao consultório odontológico do plano odontológico individual para tratar o mau hálito, inicialmente o profissional precisa saber a causa do seu surgimento, realizando uma avaliação geral da boca do paciente. Depois da conclusão do diagnóstico, o dentista consegue indicar o melhor tratamento para o caso do paciente ou encaminha-o para um especialista caso o mau hálito seja causado por um fator extrabucal;
  3. Profilaxia: também conhecida como limpeza, a profilaxia consegue retirar as placas bacterianas, invisíveis a olho nu, e as placas bacterianas calcificadas, conhecidas como tártaro. A limpeza é necessária por fazer a manutenção adequada da saúde bucal e ainda evitar o surgimento de problemas ou doenças bucais mais graves, como cáries e inflamação na gengiva;
  4. Periodontia: o tratamento de gengiva, também chamado de periodontia, tem como objetivo desinflamar a região da gengiva, que pode ter desenvolvido a gengivite ou periodontite. Para isso, o dentista faz uma limpeza nos dentes, removendo tártaros e placas bacterianas invisíveis a olho nu. Se a gengiva estiver bastante inflamada, o profissional pode também receitar antibióticos, anti-inflamatórios e analgésicos.

Informações necessárias a respeito do plano odontológico carência

plano odontológico carênciaOs planos odontológicos funcionam de maneira bem semelhante com o plano de saúde comum. Nesse contexto, o beneficiado precisa pagar um preço mensal ou anual para ter direito ao atendimento odontológico com a rede de profissionais conveniados pelo plano odontológico carência.

Fora isso, sobre o reembolso, é raro que um plano forneça caso o paciente decida se consultar com um dentista não conveniado. Sendo assim, o recomendado é realizar o procedimento desejado pelos profissionais conveniados pelo plano.

Outro fato necessário é que, em certas situações, a seguradora pode pedir ao beneficiário uma autorização antes que determinados procedimentos sejam feitos. Dessa maneira, ele precisa ir até a sede do convênio obter a autorização. Sendo assim, no momento de selecionar um convênio específico, é necessário analisar a localização dele.

Aliás, é fundamental destacar que cada plano apresenta uma cobertura diferente, de acordo com o valor da mensalidade paga pelo beneficiado. Com isso, certos planos cobrem apenas os procedimentos mais simples, segundo a lista estipulada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) enquanto outros também realizam a cobertura de tratamentos mais complexos.

De acordo com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), todos os convênios devem disponibilizar aos seus clientes as radiografias, como a radiografia oclusal, cujo objetivo é acompanhar o nascimento e crescimento do dente, radiografia bite-wing e radiografia periapical (exame de coroas, raízes e ossos dos dentes), que é usada para verificar o alinhamento entre as arcadas dentárias. Fora isso, é preciso cobrir os procedimentos de nível baixo, como aplicação de flúor, retirada de tártaro, primeira consulta para a avaliação, profilaxia (limpeza), restauração e tratamento de cáries.

Há também os procedimentos de nível médio, tais como curativos, suturas, colagem de fragmentos e periodontia (tratamento e cirurgia da gengiva). Por último, existem os procedimentos de nível alto, dentre eles a exodontia (retirada dos dentes), biópsia, cirurgias de pequeno porte e endodontia (tratamento de canal).

É importante lembrar, ainda, as questões de plano odontológico carência e reembolso. Em certos casos, o tempo de espera pode ser bem longo para fazer um simples tratamento de canal, por exemplo, o que pode levar cerca de 120 dias. Sendo assim, caso exista urgência no tratamento odontológico, vale a pena pensar em contratar um plano que não tenha carência. De qualquer forma, o período de espera para a realização dos procedimentos odontológicos pode variar muito de plano para plano.

O plano odontológico carência e as vantagens dele

No decorrer dos últimos anos, foi constatado um aumento bem significativo em relação à procura das pessoas pelo plano odontológico, já que os preços se tornaram mais acessíveis. Com isso, as clínicas passaram a oferecer novos procedimentos com o objetivo de tratar corretamente da saúde bucal dos pacientes.

Em tal contexto, com a crescente adesão ao plano odontológico, o beneficiário pode adquirir o hábito de frequentar o dentista com maior frequência, evitando assim o desenvolvimento de problemas e doenças bucais que prejudicam a qualidade de vida como um todo. Como se tem conhecimento, cada convênio fornece a cobertura de procedimentos odontológicos segundo o valor pago pelo cliente. Ainda assim, de modo geral, o usuário que contrata um plano odontológico tem acesso a diversas vantagens, tais como:

  • Equipes altamente capacitadas e especializadas;
  • Tratamentos preventivos e corretivos;
  • Urgência e emergência disponíveis 24h;
  • Tempo de carência reduzido em relação aos planos de saúde comuns;
  • Cobertura em todo o território nacional.

Conheça as doenças bucais mais clássicas tratadas no plano odontológico carência

plano odontológico carênciaÉ bem difícil uma pessoa não apresentar nenhuma das doenças ou problemas bucais, no decorrer da vida. Isso porque, ainda que cuide da saúde bucal regularmente e da forma correta, nem sempre é possível fazer a prevenção de problemas que surgem nos dentes e na gengiva. Nesses casos, é essencial fazer uma visita ao dentista para que ele possa avaliar, diagnosticar e tratar o caso da forma ideal. Assim, para baratear nesse processo, vale a pena contratar um plano odontológico carência.

Por de tratar de um local quente, úmido e escuro, a boca vira uma potencial porta de entrada para a ocorrência de diferentes tipos de doenças, já que a proliferação de bactérias é facilitada em áreas com essas características. Em tal contexto, uma das doenças mais comuns tratadas no plano de saúde dentário é a gengivite. A inflamação na região da gengiva em estágio inicial é chamada de gengivite. Provocada pela placa bacteriana calcificada, tal doença periodontal causa vermelhidão, inchaço, sangramento, sensibilidade e mau hálito, necessitando assim de tratamento rápido.

Já na fase mais avançado da gengivite aparece a periodontite, no qual os níveis de inflamação já estão bastante altos. Caso não for tratada com agilidade, é possível que o paciente perca os dentes ou então sofra com o enfraquecimento deles por conta dessa doença.

Enquanto isso, existe a cárie, que é uma doença bucal muito comum e surge a partir de ácidos liberados durante a metabolização do açúcar ingerido. Tais ácidos promovem a desmineralização dos dentes, causando a erosão da dentina e do esmalte.

Fora disso, é possível cuidar da afta através do plano odontológico carência. Conhecida por ser uma pequena erupção na mucosa bucal, a afta aparece na boca por conta de um mau funcionamento do sistema imunológico, que entende os ferimentos pequenos na boca como bactérias e, por isso, acaba atacando eles.

Informações necessárias a respeito da cirurgia ortognática

Também conhecida como cirurgia bucomaxilo, a cirurgia ortognática se popularizou bastante ao longo dos últimos anos devido ao seu resultado bastante satisfatório. Tal procedimento é feito em pacientes com disfunção óssea dos maxilares que não é resolvida somente com o uso do aparelho ortodôntico ou da ortopedia facial.

De modo geral, a cirurgia ortognática pelo plano odontológico carência costuma levar em torno de 2h a 5h, sendo feita com o paciente anestesiado. Em tal contexto, o paciente costuma receber alta logo no dia seguinte, mas deve realizar os cuidados pós-operatórios necessários. Além do notável benefício estético, o paciente também pode perceber uma significativa melhora em funções essenciais do organismo, como a mastigação e a respiração.

Mas antes de fazer a cirurgia ortognática pelo plano odontológico carência, é muito importante que o paciente converse abertamente com o cirurgião a respeito de todos os aspectos pré e pós-operatórios. Sendo assim, é comum acumular certas dúvidas a respeito de diferentes aspectos dessa operação, tais como:

  1. Inchaço: a área operada geralmente fica inchada até a terceira semana, então é necessário colocar uma compressa de bolsa fria ou gelo na área a cada 30 minutos e durante 30 minutos;
  2. Retorno às atividades: o tempo para voltar à rotina pode variar bastante conforme a recuperação do paciente, mas, geralmente, é comum retornar às atividades em três semanas;
  3. Dores: é comum notar dores na garganta durante os primeiros dias, além de observar certa dificuldade para abrir a boca e mastigar os alimentos, por isso é importante aderir a uma alimentação pastosa gelada ou fria nos primeiros dias;
  4. Sangue: em alguns casos, o paciente pode coagular pelo nariz ou vomitar sangue;
  5. Cicatrizes: na grande maioria dos casos, a cirurgia pelo plano odontológico carência é feita na parte interna, então o paciente não fica com cicatrizes expostas no rosto.

A cirurgia ortognática é feita pelo plano odontológico carência

Na cirurgia ortognática pelo plano odontológico carência, o cirurgião tem como principal objetivo colocar o maxilar superior, o inferior ou o queixo na posição correta, mas também existe a possibilidade de modificar a posição de todos eles ao mesmo tempo. Para que fiquem posicionados de maneira correta, são utilizadas placas e parafusos de titânio.

Os benefícios de tal cirurgia abrangem tanto o campo estético quanto o emocional. Até porque, algumas pessoas têm vergonha da posição do queixo, maxilar superior ou então a mandíbula. Aliás, com a cirurgia ortognática, as dores ocasionadas pelos desequilíbrios ósseos desaparecem. Por último, o paciente pode conseguir mastigar e respirar da forma correta, por isso os benefícios dessa operação chegam nas funções essenciais do organismo, como a respiração e a mastigação.

Porém, para que o paciente apresente um resultado satisfatório, é essencial seguir as recomendações dadas pelo cirurgião. De modo geral, o profissional recomenda a ingestão de analgésicos e antibióticos que devem ser tomados em até oito dias após a cirurgia. Além disso, em relação à alimentação, a comida precisa ser pastosa fria ou gelada no decorrer dos dois primeiros dias, somente pastosa nos próximos 40 dias e, aproximadamente 60 dias após a operação, o paciente consegue ingerir alimentos duros normalmente.

O cirurgião conveniado pelo plano odontológico carência também costuma pedir pelo duas semanas de repouso ao paciente. Dessa forma, ele não pode fazer esforço físico, ter contato com animais e deve evitar a exposição ao sol. Quanto à higienização bucal, alguns dentistas recomendam que o paciente utilize uma solução composta nos primeiros dias, pois é difícil fazer a escovação corretamente sem provocar dor na região operada. Outros profissionais recomendam que seja feita a higienização bucal normalmente, mas de forma cautelosa.

Após essa etapa de recuperação, o resultado pode provocar bastante impacto tanto para o próprio paciente quanto para as pessoas que o conheciam antes, porque o equilíbrio facial se torna evidente depois de algumas semanas. Dessa maneira, para quem sofre com a disfunção óssea do queixo, maxilar superior ou mandíbula que não possa ser tratada apenas com o tratamento ortodôntico, vale a pena marcar uma consulta com um cirurgião bucomaxilo de confiança e fazer o procedimento pelo plano odontológico carência.

Conheça os tipos de aparelho ortodôntico cobertos pelo plano odontológico carência

Quem já utilizou algum tipo de um aparelho dentário sabe que todo o tratamento pode demandar muito tempo, paciência e dinheiro do paciente, mas o resultado faz tudo isso valer a pena. Até porque, iniciar um tratamento ortodôntico é uma decisão que proporciona diversas vantagens ao paciente. Em tal contexto, com o objetivo de economizar no decorrer desse longo tratamento, muitas pessoas estão buscando o plano odontológico carência que faça a cobertura da inserção e manutenção de aparelho.

Como se tem conhecimento, a presença de dentes desalinhados e tortos podem causar bastante insatisfação em relação ao que o sujeito pensa da própria aparência, prejudicando assim a sua autoestima e a confiança. Afinal de contas, a região bucal é bem visível, já que faz parte do rosto. Dessa maneira, diversas pessoas com problemas ortodônticos veem no plano odontológico carência que cobre aparelho uma oportunidade de conseguir uma melhor harmonia facial.

Dessa forma, seja por fatores estéticos quanto funcionais, utilizar o aparelho pelo plano odontológico carência é uma experiência que tem cada vez mais se popularizado ao longo dos últimos anos. Até porque, o tratamento ortodôntico ficou ainda mais barato, rápido e eficiente, chamando a atenção de quem quer ou precisa usar aparelho. Em tal sentido, podem ser escolhidos os seguintes tipos de aparelho dentário por meio do plano odontológico carência que cobre inserção e manutenção de aparelho:

  1. Aparelho fixo metálico: essa continua sendo a modalidade mais comum e barata entre todos os tipos de aparelho, permitindo que o paciente escolha diferentes cores para as borrachinhas do famosos bráquetes metálicos. Aliás, esse aparelho consegue fazer as movimentações necessárias dos dentes e da arcada dentária;
  2. Aparelho fixo estético de porcelana: contando com uma alta resistência e cor próxima ao dente natural, o aparelho de porcelana se destaca entre as opções de aparelho estético;
  3. Aparelho fixo estético de policarbonato: essa é a opção de aparelho estético mais acessível financeiramente, mas os bráquetes podem amarelar ao longo do tratamento e descolar com facilidade, então não contam com a resistência ideal;
  4. Aparelho fixo estético de safira: promovendo um resultado estético superior em relação às outras opções de aparelho estético, o aparelho de safira é o mais sutil, porém tem um preço maior que os demais;
  5. Aparelho fixo lingual: conhecido como aparelho interno, o aparelho lingual apresenta a estrutura do aparelho fixo metálico, mas é posicionado atrás dos dentes, em contato com a língua e não com os lábios, por isso praticamente imperceptível. Por outro lado, o preço dele pode custar até quatro vezes mais que o aparelho fixo metálico;
  6. Aparelho invisível: conhecido como aparelho transparente, o aparelho invisível é removível e feito com acetato transparente, sendo considerado uma das opções mais sutis do mercado odontológico, porém é indicado somente para os casos ortodônticos mais simples e de curta duração.

Bons motivos para começar um tratamento ortodôntico a partir do plano odontológico carência

plano odontológico carênciaComo foi possível perceber, com o avanço tecnológico na área da ortodontia, hoje em dia é possível escolher um aparelho dental bastante sutil, eficiente e financeiramente acessível pelo plano odontológico carência. Por conta disso, ao conversar com um dentista qualificado e de confiança a respeito do assunto, é necessário tirar todas as dúvidas para que assim seja possível escolher o tratamento mais indicado e com melhor custo-benefício

Fora isso, é importante lembrar que pessoas com dentes tortos ou arcadas dentárias desalinhadas têm maior propensão de desenvolver doenças, ou problemas bucais, já que a higienização fica mais complicada de ser feita de forma correta, permitindo que a região acumule mais bactérias. Aliás, o aparelho dental também promove benefícios estéticos ao possibilitar um sorriso mais bonito e corretamente alinhado, permitindo que o paciente recupere a autoestima e a confiança. O tratamento ortodôntico também possibilita uma melhoria em funções fundamentais do organismo humano, como a fala, mastigação e respiração.

Sorriso perfeito por um bom custo

É importante destacar ainda que o desalinhamento da arcada dentária pode ocasionar dores de cabeça, pescoço, costas e ombros, por isso o tratamento ortodôntico pelo plano odontológico carência se revela como a solução efetiva para esse problema. Por conta disso, ao constatar a necessidade de usar o aparelho dental, é recomendável procurar o mais rápido possível um dentista qualificado e de confiança.

Em tal contexto, para economizar durante todo o tratamento, vale a pena adquirir um plano odontológico carência. Isso porque, além de ter acesso a uma ampla gama de procedimentos na área da odontologia, ainda é possível realizar a inserção e manutenção do aparelho sem pagar um valor adicional por isso. Dessa maneira, o convênio consegue unir o útil ao agradável.

Sendo assim, é inegável que o aparelho dental tem ganhado cada vez mais adeptos com o passar do tempo. Em tal sentido, as pessoas que buscam pelo consultório odontológico para realizar um tratamento ortodôntico costumam ter algum dos seguintes problemas, como a sobremordida, caracterizada por, no momento de fechar a boca, os dentes superiores cobrirem totalmente os dentes inferiores.

Existe também a mordida aberta, em que os dentes superiores não encostam nos dentes inferiores na hora da oclusão, e o apinhamento, no qual o indivíduo tem uma arcada dentária pequena com uma quantidade excessiva de dentes. Além desse, há também a mordida cruzada, no qual os dentes superiores não se alinham da forma correta com os inferiores na hora de fechar a boca. Por último, há um problema ortodôntico chamado de diastema, que é a separação em excesso entre os dentes.

Regiões onde atendemos

  • Aclimação
  • Bela Vista
  • Bom Retiro
  • Brás
  • Cambuci
  • Centro
  • Consolação
  • Higienópolis
  • Glicério
  • Liberdade
  • Luz
  • Pari
  • República
  • Santa Cecília
  • Santa Efigênia
  • Vila Buarque
  • Brasilândia
  • Cachoeirinha
  • Casa Verde
  • Imirim
  • Jaçanã
  • Jardim São Paulo
  • Lauzane Paulista
  • Mandaqui
  • Santana
  • Tremembé
  • Tucuruvi
  • Vila Guilherme
  • Vila Gustavo
  • Vila Maria
  • Vila Medeiros
  • Água Branca
  • Bairro do Limão
  • Barra Funda
  • Alto da Lapa
  • Alto de Pinheiros
  • Butantã
  • Freguesia do Ó
  • Jaguaré
  • Jaraguá
  • Jardim Bonfiglioli
  • Lapa
  • Pacaembú
  • Perdizes
  • Perús
  • Pinheiros
  • Pirituba
  • Raposo Tavares
  • Rio Pequeno
  • São Domingos
  • Sumaré
  • Vila Leopoldina
  • Vila Sonia
  • Aeroporto
  • Água Funda
  • Brooklin
  • Campo Belo
  • Campo Grande
  • Campo Limpo
  • Capão Redondo
  • Cidade Ademar
  • Cidade Dutra
  • Cidade Jardim
  • Grajaú
  • Ibirapuera
  • Interlagos
  • Ipiranga
  • Itaim Bibi
  • Jabaquara
  • Jardim Ângela
  • Jardim América
  • Jardim Europa
  • Jardim Paulista
  • Jardim Paulistano
  • Jardim São Luiz
  • Jardins
  • Jockey Club
  • M'Boi Mirim
  • Moema
  • Morumbi
  • Parelheiros
  • Pedreira
  • Sacomã
  • Santo Amaro
  • Saúde
  • Socorro
  • Vila Andrade
  • Vila Mariana
  • Água Rasa
  • Anália Franco
  • Aricanduva
  • Artur Alvim
  • Belém
  • Cidade Patriarca
  • Cidade Tiradentes
  • Engenheiro Goulart
  • Ermelino Matarazzo
  • Guianazes
  • Itaim Paulista
  • Itaquera
  • Jardim Iguatemi
  • José Bonifácio
  • Moóca
  • Parque do Carmo
  • Parque São Lucas
  • Parque São Rafael
  • Penha
  • Ponte Rasa
  • São Mateus
  • São Miguel Paulista
  • Sapopemba
  • Tatuapé
  • Vila Carrão
  • Vila Curuçá
  • Vila Esperança
  • Vila Formosa
  • Vila Matilde
  • Vila Prudente
  • São Caetano do sul
  • São Bernardo do Campo
  • Santo André
  • Diadema
  • Guarulhos
  • Suzano
  • Ribeirão Pires
  • Mauá
  • Embu
  • Embu Guaçú
  • Embu das Artes
  • Itapecerica da Serra
  • Osasco
  • Barueri
  • Jandira
  • Cotia
  • Itapevi
  • Santana de Parnaíba
  • Caierias
  • Franco da Rocha
  • Taboão da Serra
  • Cajamar
  • Arujá
  • Alphaville
  • Mairiporã
  • ABC
  • ABCD
  • Bertioga
  • Cananéia
  • Caraguatatuba
  • Cubatão
  • Guarujá
  • Ilha Comprida
  • Iguape
  • Ilhabela
  • Itanhaém
  • Mongaguá
  • Riviera de São Lourenço
  • Santos
  • São Vicente
  • Praia Grande
  • Ubatuba
  • São Sebastião
  • Peruíbe

Estados onde atendemos

  • Rio de Janeiro
  • São Gonçalo
  • Duque de Caxias
  • Nova Iguaçu
  • Niterói
  • Belford Roxo
  • São João de Meriti
  • Campos dos Goytacazes
  • Petrópolis
  • Volta Redonda
  • Magé
  • Itaboraí
  • Mesquita
  • Nova Friburgo
  • Barra Mansa
  • Macaé
  • Cabo Frio
  • Nilópolis
  • Teresópolis
  • Resende
  • Belo Horizonte
  • Uberlândia
  • Contagem
  • Juiz de Fora
  • Betim
  • Montes Claros
  • Ribeirão das Neves
  • Uberaba
  • Governador Valadares
  • Ipatinga
  • Santa Luzia
  • Sete Lagoas
  • Divinópolis
  • Ibirité
  • Poços de Caldas
  • Patos de Minas
  • Teófilo Otoni
  • Sabará
  • Pouso Alegre
  • Barbacena
  • Varginha
  • Conselheiro Lafeiete
  • Araguari
  • Itabira
  • Passos
  • Serra
  • Vila Velha
  • Cariacica
  • Vitória
  • Cachoeiro de Itapemirim
  • Linhares
  • São Mateus
  • Colatina
  • Guarapari
  • Aracruz
  • Viana
  • Nova Venécia
  • Barra de São Francisco
  • Santa Maria de Jetibá
  • Castelo
  • Marataízes
  • São Gabriel da Palha
  • Domingos Martins
  • Itapemirim
  • Afonso Cláudio
  • Alegre
  • Baixo Guandu
  • Conceição da Barra
  • Guaçuí
  • Iúna
  • Jaguaré
  • Mimoso do Sul
  • Sooretama
  • Anchieta
  • Pinheiros
  • Pedro Canário
  • Bertioga
  • Caraguatatuba
  • Cubatão
  • Guarujá
  • Ilhabela
  • Itanhaém
  • Mongaguá
  • Riviera de São Lourenço
  • Santos
  • São Vicente
  • Praia Grande
  • Ubatuba
  • São Sebastião
  • Peruíbe
  • São José dos campos
  • Campinas
  • Jundiaí
  • Sorocaba
  • Indaiatuba
  • São José do Rio Preto
  • Itatiba
  • Amparo
  • Barueri
  • Ribeirão Preto
  • Marília
  • Louveira
  • Paulínia
  • Bauru
  • Valinhos
  • Bragança Paulista
  • Araraquara
  • Americana
  • Atibaia
  • Taubaté
  • Araras
  • São Carlos
  • Itupeva
  • Mendonça
  • Itu
  • Vinhedo
  • Marapoama
  • Votuporanga
  • Hortolândia
  • Araçatuba
  • Jaboticabal
  • Sertãozinho
  • Curitiba
  • Londrina
  • Maringá
  • Ponta Grossa
  • Cascavel
  • São José dos Pinhais
  • Foz do Iguaçu
  • Colombo
  • Guarapuava
  • Paranaguá
  • Araucária
  • Toledo
  • Apucarana
  • Pinhais
  • Campo Largo
  • Almirante Tamandaré
  • Umuarama
  • Paranavaí
  • Piraquara
  • Cambé
  • Sarandi
  • Fazenda Rio Grande
  • Paranavaí
  • Francisco Beltrão
  • Pato Branco
  • Cianorte
  • Telêmaco Borba
  • Castro
  • Rolândia
  • Joinville
  • Florianópolis
  • Blumenau
  • Itajaí
  • São José
  • Chapecó
  • Criciúma
  • Jaraguá do sul
  • Lages
  • Palhoça
  • Balneário Camboriú
  • Brusque
  • Tubarão
  • São Bento do Sul
  • Caçador
  • Concórdia
  • Camboriú
  • Navegantes
  • Rio do Sul
  • Araranguá
  • Gaspar
  • Biguaçu
  • Indaial
  • Mafra
  • Canoinhas
  • Itapema
  • Porto Alegre
  • Caxias do Sul
  • Pelotas
  • Canoas
  • Santa Maria
  • Gravataí
  • Viamão
  • Novo Hamburgo
  • São Leopoldo
  • Rio Grande
  • Alvorada
  • Passo Fundo
  • Sapucaia do Sul
  • Uruguaiana
  • Santa Cruz do Sul
  • Cachoeirinha
  • Bagé
  • Bento Gonçalves
  • Erechim
  • Guaíba
  • Cachoeira do Sul
  • Santana do Livramento
  • Esteio
  • Ijuí
  • Alegrete
  • Recife
  • Jaboatão dos Guararapes
  • Olinda
  • Caruaru
  • Petrolina
  • Paulista
  • Cabo de Santo Agostinho
  • Camaragibe
  • Garanhuns
  • Vitória de Santo Antão
  • Igarassu
  • São Lourenço da Mata
  • Abreu e Lima
  • Santa Cruz do Capibaribe
  • Ipojuca
  • Serra Talhada
  • Araripina
  • Gravatá
  • Carpina
  • Goiana
  • Belo Jardim
  • Arcoverde
  • Ouricuri
  • Escada
  • Pesqueira
  • Surubim
  • Palmares
  • Bezerros
  • Salvador
  • Feira de Santana
  • Vitória da Conquista
  • Camaçari
  • Itabuna
  • Juazeiro
  • Lauro de Freitas
  • Ilhéus
  • Jequié
  • Teixeira de Freitas
  • Alagoinhas
  • Barreiras
  • Porto Seguro
  • Simões Filho
  • Paulo Afonso
  • Eunápolis
  • Santo Antônio de Jesus
  • Valença
  • Candeias
  • Guanambi
  • Jacobina
  • Serrinha
  • Senhor do Bonfim
  • Dias d'Ávila
  • Luís Eduardo Magalhães
  • Itapetinga
  • Irecê
  • Campo Formoso
  • Casa Nova
  • Brumado
  • Bom Jesus da Lapa
  • Conceição do Coité
  • Itamaraju
  • Itaberaba
  • Cruz das Almas
  • Ipirá
  • Santo Amaro
  • Euclides da Cunha
  • Fortaleza
  • caucacia
  • Juazeiro do Norte
  • Maracanaú
  • Sobral
  • Crato
  • Itapipoca
  • Maranguape
  • Iguatu
  • Quixadá
  • Canindé
  • Pacajus
  • Crateús
  • Aquiraz
  • Pacatuba
  • Quixeramobim
  • São Luís
  • Imperatriz
  • São José de Ribamar
  • Timon
  • Caxias
  • Codó
  • Paço do Lumiar
  • Açailândia
  • Bacabal
  • Balsas
  • Barra do Corda
  • Teresina
  • São Raimundo Nonato
  • Parnaíba
  • Picos
  • Uruçuí
  • Floriano
  • Piripiri
  • Campo Maior
  • Goiânia
  • Aparecida de Goiânia
  • Anápolis
  • Rio Verde
  • Luziânia
  • Águas Lindas de Goiás
  • Valparaíso de Goiás
  • Trindade
  • Formosa
  • Novo Gama
  • Itumbiara
  • Senador Canedo
  • Catalão
  • Jataí
  • Planaltina
  • Caldas Novas
  • Campo Grande
  • Dourados
  • Três Lagoas
  • Corumbá
  • Ponta Porã
  • Cuiabá
  • Várzea Grande
  • Rondonópolis
  • Sinop
  • Tangará da Serra
  • Cáceres
  • Sorriso
  • Manaus
  • Parintins
  • Itacoatiara
  • Manacapuru
  • Coari
  • Centro Amazonense
  • Belém
  • Ananindeua
  • Santarém
  • Marabá
  • Castanhal
  • Parauapebas
  • Itaituba
  • Cametá
  • Bragança
  • Abaetetuba
  • Bragança
  • Marituba