PLANO
INDIVIDUAL

Mensal

R$ 33,90

Anual com desconto

R$ 339,00

Economize 2 parcelas

Sem carência para emergências e atendimento de urgência

Plano
Empresarial

Mensal

R$ 24,90

A partir de 3 vidas

Possibilidade de isenção de carência. Inclui documentação Ortodôntica

Ligação gratuita
Fale com um consultor:

(11) 4003-3644

Nós ligamos para você


* Apenas para pessoa física

Coberturas

Coberturas

Emergências e Urgência

Tratamento de canal

Restauração

Extração de siso

Obturação

Limpeza

Cirurgias

Documentação

Exames

RECEBER LIGAÇÃO
convênio odontológico

convênio odontológico

convênio odontológico

Entenda a fundo como funciona o convênio odontológico

Se antigamente as pessoas iam o consultório odontológico somente uma vez a cada cinco anos, atualmente isso mudou por causa dos diversos tipos de convênio odontológico disponíveis no mercado odontológico. Afinal de contas, por meio deles, agora é muito mais simples e prático cuidar da saúde bucal com um profissional capacitado e de confiança, além de também ter se tornado uma experiência mais barata e eficiente.

Em tal contexto, já tem vários tipos de convênio odontológico voltados para pessoas de diferentes idades, necessidades e rendas. É importante lembrar que, durante a fase de seleção de um convênio odontológico específico, é recomendável que seja pesquisada a cobertura dos procedimentos oferecidos e os preços mensais, para que assim os beneficiados consigam evitar e cuidar de problemas e doenças bucais, além de terem acesso a um plano com custo-benefício interessante.

Aliás, dados mostram que mais de 25 milhões de pessoas no Brasil já contam com algum tipo de convênio odontológico. Segundo a Agência Nacional de Saúde (ANS), esse número pode dobrar no decorrer dos próximos cinco anos. Isso significa que as pessoas, cada vez mais, vão procura tratamento em clínicas que atendam os planos dentais aos quais contrataram. Dessa maneira, é necessário saber como funciona o convênio odontológico.

Saiba como selecionar o melhor convênio odontológico

Ter os dentes bonitos e saudáveis é o objetivo de diversas pessoas que dão prioridade para a aparência e a saúde da cavidade interna bucal. Em tal sentido, o ideal é buscar auxílio com o convênio odontológico, pois o dentista é o profissional mais recomendado para manter a saúde bucal de qualidade ao mesmo tempo em que oferece um sorriso esteticamente agradável.

Aliás, o convênio odontológico ainda autoriza que o beneficiado possa tratar da saúde bucal sem gastar muito com isso. Dessa maneira, para escolher o convênio odontológico, é recomendável avaliar as seguintes questões:

  • Opinião dos clientes que contrataram os convênios;
  • Valor mensal ou anual dos convênios;
  • Reputação dos planos odontológicos;
  • Custo-benefício do convênio odontológico;
  • Quantidade de cobertura dos procedimentos odontológicos.

Conheça os tipos de convênio odontológico

convênio odontológicoPara quem busca aderir a um convênio odontológico, há várias possibilidades e uma delas é o plano empresarial. Nesse caso, a contratação fica a cargo da empresa pública ou privada, cujo porte pode ser pequeno, médio ou grande. Com isso, o beneficiado não tem nenhum tipo de relação com boletos ou burocracias do plano, já que é a própria empresa ou alguma empresa terceirizada que se envolve com a responsabilidade relacionada ao plano. De modo geral, esse tipo de plano se revela bastante econômico e pode ser descontado diretamente na folha de pagamento do empregado.

Outra opção é o convênio odontológico individual, que é um dos mais usados nos dias de hoje, permitindo ao beneficiário fazer os procedimentos básicos e outros que estejam na cobertura do convênio, segundo a cobertura contratada. O plano individual é recomendado para quem não deseja incluir outras pessoas e não apresenta um convênio odontológico da empresa. Por outro lado, esse tipo de plano costuma ser um dos mais caros.

Ainda existe a possibilidade de contratar o convênio odontológico familiar. Em tal modalidade, o beneficiado pode incluir filhos, esposa, marido, pai e mãe. No entanto, o preço final vai variar de acordo com a idade, doenças pré-existentes e estilo de vida de cada um dos dependentes. Por isso, é importante investigar de forma cautelosa se essa modalidade apresenta um custo acessível financeiramente, analisando as características dos dependentes.

Fora isso, há o convênio odontológico coletivo por adesão. Em tal caso, os beneficiados geralmente são sindicatos e associações de determinadas profissões. Assim, essa modalidade do plano avalia as características do grupo como um todo e não das pessoas. Dessa maneira, é possível observar que existem diferentes opções para as pessoas que desejam aderir a um bom convênio odontológico.

As doenças bucais que sãos tratadas no convênio odontológico

Por se tratar de um local quente, úmido e escuro, a boca se torna uma potencial porta de entrada para a ocorrência de diferentes tipos de doenças, já que a proliferação de bactérias é facilitada em áreas com essas características. Em tal caso, uma das doenças mais comuns é a gengivite. A inflamação na área da gengiva em estágio inicial é chamada de gengivite. Ocasionada pela placa bacteriana calcificada, tal doença periodontal provoca vermelhidão, inchaço, sangramento, sensibilidade e mau hálito, necessitando assim de tratamento rápido.

Já no estágio mais avançado da gengivite aparece a periodontite, em que os níveis de inflamação já estão bastante altos. Caso não for tratada com agilidade, é possível que o paciente perca os dentes ou sofra com o enfraquecimento deles devido a essa doença. Outro problema bucal bastante comum é a afta. Também conhecida por ser uma pequena erupção na mucosa bucal, a afta surge na boca por conta de um mau funcionamento do sistema imunológico, que compreende os ferimentos pequenos na boca como bactérias e, por isso, ataca-os.

Fora isso, a cárie é uma doença bucal muito comum, sendo a maior causa da visita das pessoas aos consultórios odontológicos. A cárie surge a partir de ácidos liberados no decorrer da metabolização do açúcar ingerido. Tais ácidos causam a desmineralização dos dentes, provocando a erosão da dentina e do esmalte.

Como tratar de forma adequada da saúde bucal

Com o objetivo de tratar de maneira ideal da cavidade interna bucal, essa região precisa estar livre de cáries, tártaros, gengivite e outros problemas comuns que aparecem na boca. Com isso, para ter dentes bonitos e saudáveis, primeiro é importante aliar escovação, fio dental e antisséptico diariamente. Além disso, é essencial levar em conta a alimentação, evitando o consumo em excesso de alimentos açucarados ou cheios de carboidratos, que facilitam a proliferação de bactérias na boca e prejudicam a qualidade da região.

É necessário lembrar, ainda, da necessidade de frequentar o consultório odontológico semestralmente para que o dentista do convênio odontológico possa verificar a avaliação geral da cavidade interna bucal e a limpeza. Isso porque, ainda que seja realizada a higienização bucal diária, existem outras placas bacterianas que não conseguem ser tiradas dessa maneira, então o consultório odontológico serve para retirá-los e devolver a qualidade ideal da saúde bucal.

Tratamentos principais que estão disponíveis pelo convênio odontológico

Como se tem conhecimento, a cobertura dos procedimentos odontológicos pode variar de acordo com a modalidade escolhida pelo beneficiado. Por outro lado, existe uma lista de procedimentos que todos os convênios devem seguir. Em tal sentido, estão os procedimentos de nível baixo, que incluem a consulta inicial para avaliação, remoção de tártaro, profilaxia (limpeza), aplicação de flúor, restauração e tratamento de cáries.

No caso dos procedimentos que são de nível médio estão incluídos os curativos, suturas, periodontia (tratamento e cirurgia da gengiva), colagem de fragmentos. Já em relação aos procedimentos de nível alto, o beneficiário pode fazer a exodontia (extração dos dentes), biópsia, endodontia (tratamento de canal) e cirurgias de pequeno porte. Fora isso, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) também estipula que qualquer convênio odontológico faça a cobertura de diferentes tipos de radiografia, como a radiografia periapical, a radiografia bite-wing e a radiografia oclusal.

De modo geral, os problemas e doenças bucais podem acabar prejudicando outras áreas do corpo e provocar dores de cabeça, dente e mandíbula, além de dificuldades em funções relacionadas à mastigação, fala e respiração. Em tal sentido, é importante contratar o convênio odontológico e, com isso, passar a cuidar melhor da saúde bucal.

A partir do convênio odontológico, o paciente ainda pode fazer a limpeza, também chamada de profilaxia. Tal procedimento elimina placas bacterianas e placas bacterianas calcificadas, conhecidas também como tártaro. Com isso, a limpeza ajuda na manutenção da saúde bucal e evita que o paciente desenvolva doenças bucais. Na busca por mais eficiência, recomenda-se que a limpeza seja feita, pelo menos, duas vezes por ano.

O beneficiário ainda pode realizar a endodontia, popularmente conhecida como tratamento de canal. Quando a cárie não é tratada logo no estágio inicial e chega na dentina, surge a necessidade de fazer a endodontia. Tal procedimento tem como objetivo abrir um buraco no dente, inserir limas, que são pequenas agulhas, e remover a polpa contaminada. Dessa maneira, o profissional é capaz de realizar a descontaminação e limpeza da região.

Há também o tratamento de gengiva. A periodontia, chamada também de tratamento de gengiva, é feita para desinflamar a região gengival. Com isso, o dentista costuma fazer a limpeza nos dentes, eliminando tártaros e placas bacterianas. Em casos no qual o paciente apresenta a gengiva bastante inflamada, o profissional pode também receitar antibióticos e anti-inflamatório.

Outro tratamento disponível no convênio odontológico é o tratamento de mau hálito. Para acabar com esse problema, o procedimento básico no consultório odontológico é realizar um diagnóstico do paciente, baseando-se nos hábitos diários, sintomas e histórico de doenças. Também podem ser solicitados exames clínicos para descobrir se existem doenças na cavidade oral ou pouco fluxo de saliva. Depois da conclusão do diagnóstico, o dentista decide qual será o melhor tratamento para o caso, já que não existe um padrão para a realização do tratamento de mau hálito.

Implante dentário realizado pelo convênio odontológico

convênio odontológicoQuando o tema é convênio odontológico, as pessoas costumam imaginar mais nos tratamentos corretivos como os anteriormente citados. Por outro lado, há também convênios que fornecem tratamentos estéticos e um deles é o implante. Em tal caso, vale lembrar que a perda dos dentes é algo que prejudica não apenas a estética do rosto como também as funções da fala, mastigação e respiração, que são essenciais para o bom funcionamento do organismo humano.

Com isso, os pacientes que sofreram uma perda grande de dentes têm o interesse em saber de algum convênio odontológico que cobre implante, já que o procedimento pode ser realizados nos consultórios odontológicos e proporciona a recuperação de um sorriso completo, mas costuma ter um preço bem alto nas clínicas particulares.

Em tal sentido, é necessário lembrar benefícios oferecidos pelos implantes, como um tempo curto de cirurgia (por volta de 30 minutos para cada implante), a não-rejeição do corpo ao implante e a possibilidade de duração indeterminada do implante se o paciente siga o cuidado adequado com a saúde bucal. Dessa forma, para quem perdeu dentes, vale a pena buscar saber as opções de implante dentário, que são:

  1. Implante protocolo: o formato do implante protocolo é recomendado para quem perdeu muitos dentes e faz uso da dentadura diariamente. Esse tipo de implante promove a colocação de uma prótese fixa, possibilitando que o paciente tenha maior conforto e mobilidade na região bucal, sem precisar do uso da dentadura novamente;
  2. Titânio: em relação ao material, o cilindro de titânio ainda é o mais amplamente utilizado, porque apresenta grandes vantagens como a altamente resistência, leveza e compatibilidade com o organismo humano;
  3. Implante curto: por ter dimensões pequenas e perfuração mínima na estrutura óssea, esse tipo de implante é indicado para as pessoas que não têm a quantidade óssea suficiente na boca e não querem fazer o enxerto ósseo antes do implante, pois ele é um procedimento caro;
  4. Zircônia: apresentando-se como um potencial substituto ao titânio, a zircônia oferece vantagens, mas ainda não é muito utilizada nos consultórios odontológicos, enquanto os estudos sobre esse material ainda não são conclusivos. De qualquer forma, não há como negar que a cor branca da zircônia é muito semelhante com o dente e apresenta uma ótima resistência.

Prótese dentária colocada no convênio odontológico

Segundo dados apresentados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aproximadamente 50% dos adultos brasileiros têm 20 ou menos dentes funcionais. No caso dos idosos, tal número é ainda maior, pois 70% deles não têm a quantidade ideal de dentes funcionais. Para solucionar tal problema, a inserção da prótese dentária depois da colocação do implante por meio do convênio odontológico que cobre prótese se mostra como uma interessante alternativa na área da odontologia.

Mas antes de realizar a colocação da prótese dentária pelo convênio odontológico, primeiro o paciente precisa se consultar com um profissional de qualidade e confiança para que ele consiga indicar a prótese ideal. Em tal caso, as opções disponíveis são:

  1. Prótese dental parcialmente fixa: também conhecida como ponte ou coroa, essa prótese é mais recomendada para quem perdeu um ou poucos dentes, enquanto os outros ao redor continuam intactos. A maior vantagem é a sua semelhança com um dente natural;
  2. Prótese dental flexível: essa modalidade de prótese se apresenta como uma opção concorrente à prótese parcialmente removível, já que é feita em resina flexível e não tem a necessidade da utilização de grampos. A prótese flexível tem uma aparência mais natural e é comumente utilizada em idosos;
  3. Prótese dental parcialmente removível: nesse tipo, são colocados grampos para que a prótese fique firme na boca, revelando-se a opção ideal para quem perdeu uma quantidade considerável de dentes. A maior vantagem dessa prótese é que ela evita o desgaste dos dentes próximos por não precisar ser encaixada;
  4. Prótese dental removível: também chamada de dentadura, essa é a prótese mais indicada para quem perdeu grande quantidade de dentes ou todos eles. A prótese dentária removível pode ser inserida de forma bastante fácil na gengiva, não apresentando, assim, nenhum tipo de dificuldade para colocá-la ou tirá-la no dia a dia;
  5. Prótese sobre implante: como foi possível perceber no tópico anterior, os implantes servem como substitutos das raízes dos dentes, por isso se apresentam como suporte para que a prótese seja inserida. Nesse sentido, o dentista primeiro marca uma consulta para colocar o implante e depois outro dia para colocar a prótese sobre implante.

Demais procedimentos do convênio odontológico

Depois da decisão do formato da prótese, é necessário escolher o material pelo plano de dentista. Em tal sentido, o paciente pode selecionar a prótese dentária de porcelana sobre estrutura em metal, que apresenta próteses mais harmônicas, naturais e com excelente durabilidade. Outra opção é a prótese dentária de porcelana sobre estrutura em zircônia, que tem vantagens como a estética e durabilidade ideal, tornando-se uma prótese muito recomendada pelos dentistas.

Fora isso, é possível também selecionar a resina composta com cerâmica sobre estrutura de zircônia, que é recomendada para quem procura resultados satisfatórios e preços mais em conta. Ainda tem outras opções de materiais para a prótese dentária, como a zircônia pura e a resina acrílica sobre estrutura em metal, que é o tipo mais clássico e também o mais barato de todos eles.

É importante destacar, de modo geral, que os casos mais comuns de necessidade dessa prótese costumam aparecer nos consultórios odontológicos por causa dos fatores como perdas dentárias, fraturas dentárias, endodontia (tratamento de canal), cáries graves e quebras dentárias. Em tal caso, para colocar apenas uma prótese, o profissional, inicialmente, realiza a preparação da prótese e confecciona um dente provisório. Depois disso, o dentista faz a moldagem no gesso para trabalhar a prótese.

Logo em seguida, no caso da prótese fixa dentária, o profissional realiza a prova no paciente e, para finalizar, a cimentação dela. Dependendo do profissional e do caso específico, todo esse procedimento pode levar por volta de duas a quatro sessões. Por outro lado, caso o paciente precisar de um maior número de próteses, pode levar um pouco mais de tempo.

É importante lembrar ainda que a prótese fixa dentária fornece diferentes benefícios ao paciente, pois evita a movimentação da arcada dentária para tapar o buraco deixado pelo dente, que ocasiona a má oclusão. Fora isso, proporciona um sorriso esteticamente agradável, função mastigatória e respiratória recuperada. Em relação à dicção, é necessário destacar que a fala também pode sofrer uma mudança significativa com a prótese, possibilitando assim que o indivíduo seja melhor compreendido pelas pessoas ao redor dele. Por conta disso, vale a pena buscar um convênio odontológico que faça a cobertura desse procedimento.

Outros procedimentos estéticos que fazem parte da cobertura do convênio odontológico

convênio odontológicoFora os procedimentos cujo objetivo é cuidar ou prevenir as doenças e problemas bucais, como cáries, doenças periodontais, entre outros, existem alguns tipos de convênio odontológico que possibilitam a realização de procedimentos estéticos. Em tal caso, há a ortodontia, que é o sub ramo da odontologia responsável por fazer a movimentação dos dentes e ossos maxilares do paciente, com o objetivo de torná-los mais harmônicos e adequadamente alinhados. Tal especialidade é recomendada para pessoas que têm dentes tortos ou desalinhados, ocasionando prejuízos tanto estéticos quanto funcionais. Sendo assim, para solucionar os defeitos ortodônticos, podem ser utilizados diversos tipos de aparelho.

Em tal contexto, um deles é o aparelho fixo metálico, que é a modalidade mais clássica e barata entre todos os tipos de aparelho, possibilitando que o paciente escolha diferentes cores para as borrachinhas dos bráquetes. Esse aparelho também proporciona as movimentações importantes dos dentes e da arcada dentária, em que eficiência existe tanto para casos ortodônticos simples quanto graves.

Há também o aparelho fixo estético de porcelana, que proporciona uma resistência elevada e cor próxima ao dente natural, destacando-se entre as opções de aparelho estético. Já o aparelho fixo estético de safira permite um resultado estético bem superior em relação às outras opções de aparelho estético, pois é o mais discreto, porém tem um preço maior que os demais. Outro tipo de aparelho estético é o de policarbonato, que tem o preço mais barato entre os outros, mas os bráquetes manchas com facilidade e ele ainda não mostra a resistência ideal, podendo quebrar com um pouco de facilidade.

Fora isso, como se sabe, ter um sorriso branco é uma meta que pode trazer confiança e aumento da autoestima para a pessoa, além de, inegavelmente, proporcionar dentes mais bonitos. Com tal objetivo em mente, os dentistas promovem o clareamento dental para oferecerem essas vantagens aos pacientes que desejam recuperar o aspecto branco dos dentes a partir do convênio odontológico, sendo possível fazer o clareamento caseiro, de farmácia, LED ou a laser. Para saber qual é o ideal, torna-se necessário fazer uma consulta com um dentista qualificado e confiança pelo convênio odontológico.

Os reais benefícios do convênio odontológico

A partir de um custo bem mais acessível e da conscientização da população sobre a importância de cuidar adequadamente da saúde bucal, a contratação do convênio odontológico tem se popularizado cada vez mais. De qualquer maneira, é importante ressaltar que quem adere a um convênio odontológico de qualidade tem acesso a várias vantagens, como tratamentos preventivos e corretivos.

Fora isso, tais assistências oferecem equipes altamente capacitadas e especializadas, tempo de carência menor quando comparado aos planos de saúde de modo geral, acesso à urgência e emergência disponíveis 24h, custo-benefício mais interessante em relação às consultas em consultórios particulares e cobertura em todo o território nacional.

Regiões onde atendemos

  • Aclimação
  • Bela Vista
  • Bom Retiro
  • Brás
  • Cambuci
  • Centro
  • Consolação
  • Higienópolis
  • Glicério
  • Liberdade
  • Luz
  • Pari
  • República
  • Santa Cecília
  • Santa Efigênia
  • Vila Buarque
  • Brasilândia
  • Cachoeirinha
  • Casa Verde
  • Imirim
  • Jaçanã
  • Jardim São Paulo
  • Lauzane Paulista
  • Mandaqui
  • Santana
  • Tremembé
  • Tucuruvi
  • Vila Guilherme
  • Vila Gustavo
  • Vila Maria
  • Vila Medeiros
  • Água Branca
  • Bairro do Limão
  • Barra Funda
  • Alto da Lapa
  • Alto de Pinheiros
  • Butantã
  • Freguesia do Ó
  • Jaguaré
  • Jaraguá
  • Jardim Bonfiglioli
  • Lapa
  • Pacaembú
  • Perdizes
  • Perús
  • Pinheiros
  • Pirituba
  • Raposo Tavares
  • Rio Pequeno
  • São Domingos
  • Sumaré
  • Vila Leopoldina
  • Vila Sonia
  • Aeroporto
  • Água Funda
  • Brooklin
  • Campo Belo
  • Campo Grande
  • Campo Limpo
  • Capão Redondo
  • Cidade Ademar
  • Cidade Dutra
  • Cidade Jardim
  • Grajaú
  • Ibirapuera
  • Interlagos
  • Ipiranga
  • Itaim Bibi
  • Jabaquara
  • Jardim Ângela
  • Jardim América
  • Jardim Europa
  • Jardim Paulista
  • Jardim Paulistano
  • Jardim São Luiz
  • Jardins
  • Jockey Club
  • M'Boi Mirim
  • Moema
  • Morumbi
  • Parelheiros
  • Pedreira
  • Sacomã
  • Santo Amaro
  • Saúde
  • Socorro
  • Vila Andrade
  • Vila Mariana
  • Água Rasa
  • Anália Franco
  • Aricanduva
  • Artur Alvim
  • Belém
  • Cidade Patriarca
  • Cidade Tiradentes
  • Engenheiro Goulart
  • Ermelino Matarazzo
  • Guianazes
  • Itaim Paulista
  • Itaquera
  • Jardim Iguatemi
  • José Bonifácio
  • Moóca
  • Parque do Carmo
  • Parque São Lucas
  • Parque São Rafael
  • Penha
  • Ponte Rasa
  • São Mateus
  • São Miguel Paulista
  • Sapopemba
  • Tatuapé
  • Vila Carrão
  • Vila Curuçá
  • Vila Esperança
  • Vila Formosa
  • Vila Matilde
  • Vila Prudente
  • São Caetano do sul
  • São Bernardo do Campo
  • Santo André
  • Diadema
  • Guarulhos
  • Suzano
  • Ribeirão Pires
  • Mauá
  • Embu
  • Embu Guaçú
  • Embu das Artes
  • Itapecerica da Serra
  • Osasco
  • Barueri
  • Jandira
  • Cotia
  • Itapevi
  • Santana de Parnaíba
  • Caierias
  • Franco da Rocha
  • Taboão da Serra
  • Cajamar
  • Arujá
  • Alphaville
  • Mairiporã
  • ABC
  • ABCD
  • Bertioga
  • Cananéia
  • Caraguatatuba
  • Cubatão
  • Guarujá
  • Ilha Comprida
  • Iguape
  • Ilhabela
  • Itanhaém
  • Mongaguá
  • Riviera de São Lourenço
  • Santos
  • São Vicente
  • Praia Grande
  • Ubatuba
  • São Sebastião
  • Peruíbe

Estados onde atendemos

  • Rio de Janeiro
  • São Gonçalo
  • Duque de Caxias
  • Nova Iguaçu
  • Niterói
  • Belford Roxo
  • São João de Meriti
  • Campos dos Goytacazes
  • Petrópolis
  • Volta Redonda
  • Magé
  • Itaboraí
  • Mesquita
  • Nova Friburgo
  • Barra Mansa
  • Macaé
  • Cabo Frio
  • Nilópolis
  • Teresópolis
  • Resende
  • Belo Horizonte
  • Uberlândia
  • Contagem
  • Juiz de Fora
  • Betim
  • Montes Claros
  • Ribeirão das Neves
  • Uberaba
  • Governador Valadares
  • Ipatinga
  • Santa Luzia
  • Sete Lagoas
  • Divinópolis
  • Ibirité
  • Poços de Caldas
  • Patos de Minas
  • Teófilo Otoni
  • Sabará
  • Pouso Alegre
  • Barbacena
  • Varginha
  • Conselheiro Lafeiete
  • Araguari
  • Itabira
  • Passos
  • Serra
  • Vila Velha
  • Cariacica
  • Vitória
  • Cachoeiro de Itapemirim
  • Linhares
  • São Mateus
  • Colatina
  • Guarapari
  • Aracruz
  • Viana
  • Nova Venécia
  • Barra de São Francisco
  • Santa Maria de Jetibá
  • Castelo
  • Marataízes
  • São Gabriel da Palha
  • Domingos Martins
  • Itapemirim
  • Afonso Cláudio
  • Alegre
  • Baixo Guandu
  • Conceição da Barra
  • Guaçuí
  • Iúna
  • Jaguaré
  • Mimoso do Sul
  • Sooretama
  • Anchieta
  • Pinheiros
  • Pedro Canário
  • Bertioga
  • Caraguatatuba
  • Cubatão
  • Guarujá
  • Ilhabela
  • Itanhaém
  • Mongaguá
  • Riviera de São Lourenço
  • Santos
  • São Vicente
  • Praia Grande
  • Ubatuba
  • São Sebastião
  • Peruíbe
  • São José dos campos
  • Campinas
  • Jundiaí
  • Sorocaba
  • Indaiatuba
  • São José do Rio Preto
  • Itatiba
  • Amparo
  • Barueri
  • Ribeirão Preto
  • Marília
  • Louveira
  • Paulínia
  • Bauru
  • Valinhos
  • Bragança Paulista
  • Araraquara
  • Americana
  • Atibaia
  • Taubaté
  • Araras
  • São Carlos
  • Itupeva
  • Mendonça
  • Itu
  • Vinhedo
  • Marapoama
  • Votuporanga
  • Hortolândia
  • Araçatuba
  • Jaboticabal
  • Sertãozinho
  • Curitiba
  • Londrina
  • Maringá
  • Ponta Grossa
  • Cascavel
  • São José dos Pinhais
  • Foz do Iguaçu
  • Colombo
  • Guarapuava
  • Paranaguá
  • Araucária
  • Toledo
  • Apucarana
  • Pinhais
  • Campo Largo
  • Almirante Tamandaré
  • Umuarama
  • Paranavaí
  • Piraquara
  • Cambé
  • Sarandi
  • Fazenda Rio Grande
  • Paranavaí
  • Francisco Beltrão
  • Pato Branco
  • Cianorte
  • Telêmaco Borba
  • Castro
  • Rolândia
  • Joinville
  • Florianópolis
  • Blumenau
  • Itajaí
  • São José
  • Chapecó
  • Criciúma
  • Jaraguá do sul
  • Lages
  • Palhoça
  • Balneário Camboriú
  • Brusque
  • Tubarão
  • São Bento do Sul
  • Caçador
  • Concórdia
  • Camboriú
  • Navegantes
  • Rio do Sul
  • Araranguá
  • Gaspar
  • Biguaçu
  • Indaial
  • Mafra
  • Canoinhas
  • Itapema
  • Porto Alegre
  • Caxias do Sul
  • Pelotas
  • Canoas
  • Santa Maria
  • Gravataí
  • Viamão
  • Novo Hamburgo
  • São Leopoldo
  • Rio Grande
  • Alvorada
  • Passo Fundo
  • Sapucaia do Sul
  • Uruguaiana
  • Santa Cruz do Sul
  • Cachoeirinha
  • Bagé
  • Bento Gonçalves
  • Erechim
  • Guaíba
  • Cachoeira do Sul
  • Santana do Livramento
  • Esteio
  • Ijuí
  • Alegrete
  • Recife
  • Jaboatão dos Guararapes
  • Olinda
  • Caruaru
  • Petrolina
  • Paulista
  • Cabo de Santo Agostinho
  • Camaragibe
  • Garanhuns
  • Vitória de Santo Antão
  • Igarassu
  • São Lourenço da Mata
  • Abreu e Lima
  • Santa Cruz do Capibaribe
  • Ipojuca
  • Serra Talhada
  • Araripina
  • Gravatá
  • Carpina
  • Goiana
  • Belo Jardim
  • Arcoverde
  • Ouricuri
  • Escada
  • Pesqueira
  • Surubim
  • Palmares
  • Bezerros
  • Salvador
  • Feira de Santana
  • Vitória da Conquista
  • Camaçari
  • Itabuna
  • Juazeiro
  • Lauro de Freitas
  • Ilhéus
  • Jequié
  • Teixeira de Freitas
  • Alagoinhas
  • Barreiras
  • Porto Seguro
  • Simões Filho
  • Paulo Afonso
  • Eunápolis
  • Santo Antônio de Jesus
  • Valença
  • Candeias
  • Guanambi
  • Jacobina
  • Serrinha
  • Senhor do Bonfim
  • Dias d'Ávila
  • Luís Eduardo Magalhães
  • Itapetinga
  • Irecê
  • Campo Formoso
  • Casa Nova
  • Brumado
  • Bom Jesus da Lapa
  • Conceição do Coité
  • Itamaraju
  • Itaberaba
  • Cruz das Almas
  • Ipirá
  • Santo Amaro
  • Euclides da Cunha
  • Fortaleza
  • caucacia
  • Juazeiro do Norte
  • Maracanaú
  • Sobral
  • Crato
  • Itapipoca
  • Maranguape
  • Iguatu
  • Quixadá
  • Canindé
  • Pacajus
  • Crateús
  • Aquiraz
  • Pacatuba
  • Quixeramobim
  • São Luís
  • Imperatriz
  • São José de Ribamar
  • Timon
  • Caxias
  • Codó
  • Paço do Lumiar
  • Açailândia
  • Bacabal
  • Balsas
  • Barra do Corda
  • Teresina
  • São Raimundo Nonato
  • Parnaíba
  • Picos
  • Uruçuí
  • Floriano
  • Piripiri
  • Campo Maior
  • Goiânia
  • Aparecida de Goiânia
  • Anápolis
  • Rio Verde
  • Luziânia
  • Águas Lindas de Goiás
  • Valparaíso de Goiás
  • Trindade
  • Formosa
  • Novo Gama
  • Itumbiara
  • Senador Canedo
  • Catalão
  • Jataí
  • Planaltina
  • Caldas Novas
  • Campo Grande
  • Dourados
  • Três Lagoas
  • Corumbá
  • Ponta Porã
  • Cuiabá
  • Várzea Grande
  • Rondonópolis
  • Sinop
  • Tangará da Serra
  • Cáceres
  • Sorriso
  • Manaus
  • Parintins
  • Itacoatiara
  • Manacapuru
  • Coari
  • Centro Amazonense
  • Belém
  • Ananindeua
  • Santarém
  • Marabá
  • Castanhal
  • Parauapebas
  • Itaituba
  • Cametá
  • Bragança
  • Abaetetuba
  • Bragança
  • Marituba